• Pr Éderson Martins

Amarás o Senhor, teu Deus


"A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." Lucas 10:27

Tenho refletido já há algum tempo sobre a importância de obedecermos ao grande e primeiro mandamento bíblico de amar a Deus sobre todas as coisas. Vivemos dias onde se cumpre a palavra profética do nosso Senhor Jesus Cristo de Mateus 24:12, que diz: “por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Infelizmente, esse esfriamento do amor tem se infiltrado na vida de muitos cristãos. Seja para com Deus ou para com o próximo, não há como negar essa realidade vivida nos dias atuais. O amor bíblico ensinado pelo Senhor é o amor sacrificial. Envolve renúncia, sacrifício e entrega. Não baseia-se em sentimento ou emoção, ainda que possa se expressar também dessa forma. Cristo admoestou a igreja apocalíptica de Éfeso por terem abandonado o primeiro amor (Apocalipse 2:4), pois visava restaurar esse amor na vida dos crentes daquela época. Mas como podemos, hoje, de forma prática amarmos a Deus de todo o nosso coração?

Gostaria de falar sobre quatro formas de expressar nosso amor ao Senhor:

Colocando-o em primeiro lugar. Lucas 14:26. “Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo”. Deus deve ser a pessoa mais importante das nossas vidas. Todos nós temos pessoas importantes: cônjuge, filhos, pai, mãe, irmãos, parentes, amigos,... porém o Senhor requer de nós a prioridade máxima. Deus também deve ser mais importante do que os bens materiais. Os bens, dinheiro ou riquezas devem ser recursos para nossa provisão e instrumento de bênçãos na vida de outros. Em Mateus 6:24, o Senhor nos ensinou que não podemos servir a dois senhores (Deus e as riquezas). O jovem rico cometeu o grande erro de apegar-se às riquezas que esse mundo podia lhe oferecer. As bênçãos não devem tomar o lugar de Deus em nosso coração.

Obedecendo aos Seus mandamentos. João 14:21 "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama, e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele". Amar é obedecer. Em Lucas 6:46, Jesus disse: Por que me chamais Senhor, Senhor e não fazeis o que eu vos mando? Sempre digo que o melhor presente que um filho pode dar ao seu pai é a obediência. Também esse é o melhor presente que podemos dar ao nossos Pai Celestial. Quanto mais amor, mais obediência. Sigamos o exemplo de Cristo que embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu (Hebreus 5:8).

Amando nossos semelhantes. Lucas 10:27 "Amarás o teu próximo como a ti mesmo". Deus é amor (1ª João 4:8). É Deus de relacionamentos. Nosso amor vertical (pelo Senhor) se refletirá no nosso amor horizontal (pelos nossos semelhantes). Quanto mais amarmos ao Senhor, mais expressaremos nosso amor pelas pessoas que fazem parte de nossas vidas, inclusive possíveis inimigos.

Servindo. João 21:15 “Apascenta as minhas ovelhas.” Quem ama trabalha. Quem ama serve. Quem ama expressa esse amor através de ações práticas. Na restauração do apóstolo Pedro, o Senhor lhe falou para que ele O amasse apascentando o rebanho. Podemos servir a Deus trabalhando nos ministérios da Igreja, ajudando outros a conhecerem a Cristo cumprindo assim a grande comissão de Mateus 28:20 “ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho ordenado. Que possamos colocar o Senhor em primeiro lugar de nossas vidas, sejamos obedientes aos Seus mandamentos, cresçamos no amor pelos nossos semelhantes e sirvamos ao Senhor nos envolvendo na tarefa de ganhar e cuidar de pessoas para Cristo.

#PrÉderson

64 visualizações

Av. José Loureiro da Silva, nº 787

Carvalho Bastos  |  Camaquã  |  RS

+55  51  3671  5658

© 2019 Associação Comunidade Cristã de Camaquã